Cinco Dicas De Decoração Pra Cozinhas Pequenas

24 Feb 2019 23:19
Tags

Back to list of posts

<h1>Reformar E Decorar O Interior Da Sua Sala, Banheiro, Quarto</h1>

<p>O Castelo de Maisons-Laffitte (Ch&acirc;teau de Maisons-Laffitte em franc&ecirc;s), originalmente Ch&acirc;teau de Maisons, &eacute; um pal&aacute;cio barroco Fran&ccedil;a, situado na comuna de Maisons-Laffitte, departamento de Yvelines. O pal&aacute;cio &eacute; uma obra-prima da arquitectura civil francesa do s&eacute;culo XVII, constitu&iacute;ndo uma refer&ecirc;ncia importante na hist&oacute;ria da arquitetura. Com base nos testemunhos dos contempor&acirc;neos, a constru&ccedil;&atilde;o &eacute; atribu&iacute;da ao arquitecto Fran&ccedil;ois Mansart. Entretanto, n&atilde;o foi localizado qualquer documento que corroborasse esta atribui&ccedil;&atilde;o, sem mencionar com um pagamento de 26.000 libras efectuado por Ren&eacute; de Longueil em proveito de Fran&ccedil;ois Mansart, em 1657, a priori ap&oacute;s a conclus&atilde;o do pal&aacute;cio.</p>

<p>Ap&oacute;s a morte de Ren&eacute; de Spazio San Valentin Decorado Com Fotos E Dicas De Decora&ccedil;&atilde;o , ocorrida em 1677, o pal&aacute;cio permaneceu em sua descend&ecirc;ncia at&eacute; 1732. Depois passou por sucess&atilde;o &agrave; Marquesa de Bellefori&egrave;re e, de seguida, ao Marqu&ecirc;s de Soy&eacute;court. Em 1777 tornou-se propriedade do Conde de Artois, irm&atilde;o de Lu&iacute;s XVI e futuro Rei perante o nome de Carlos X, o qual encarregou o teu arquitecto, Fran&ccedil;ois-Joseph B&eacute;langer, de fazer consider&aacute;veis altera&ccedil;&otilde;es interiores. Estes trabalhos foram interrompidos em 1782 devido &agrave; inexist&ecirc;ncia dinheiro.</p>

reforma-de-apartamento-pequeno-9.jpg

<p>O pal&aacute;cio deixou de Saiba Como Reformar E Decorar A Casa Com Pouco Dinheiro e degradou-se. Confiscado como bem nacional sob a Revolu&ccedil;&atilde;o, foi comercializado em 1798 a um fornecedor dos ex&eacute;rcitos, M. Lauch&egrave;re, depois, em 1804, ao marechal Lannes e, por fim, em 1818, ao banqueiro parisiense Jacques Laffitte. Esse procedeu, a partir de 1834, &agrave; urbaniza&ccedil;&atilde;o do parque ante a maneira de um loteamento e destruiu as magn&iacute;ficas cavalari&ccedil;as para fornecer os consumidores de instrumentos de constru&ccedil;&atilde;o. Em 1844, o respectivo pal&aacute;cio passou para a posse da sua filha, a princesa de la Moskowa, que o vendeu, em 1850, a Charles Xavier Thomas de Colmar, inventor da primeira m&aacute;quina de calcular industrial: o aritm&oacute;metro Thomas. En 1905, o Estado resgatou o pal&aacute;cio pra salv&aacute;-lo da demoli&ccedil;&atilde;o.</p>

<p>O Ch&acirc;teau de Maisons-Laffitte foi constru&iacute;do entre o Sena e a floresta de Saint-Germain-em-Laye, com uma fachada sobre o jardim orientada a sudeste. 95 Ideias De CASAS MODERNAS → Fachadas, Projetos E Fotos!!! , comportava um jardim, um pequeno parque de trinta e tr&ecirc;s hectares e um enorme parque de 300 hectares. De um lado e do outro do adro, Mansart constru&iacute;u as cavalari&ccedil;as, obra-prima da arquitectura que, infelizmente, s&oacute; conhecemos pelos registos, e uma falsa fachada, ou &quot;raposa&quot;, destinada a gerar um efeito de simetria.</p>

<p>As desaparecidas cavalari&ccedil;as monumentais anunciaram as obras que seriam feitas no Ch&acirc;teau de Curso De Forma&ccedil;&atilde;o De Pol&iacute;ticos Aposta Em Jovens Lideran&ccedil;as e no Ch&acirc;teau de Chantilly. Deste magn&iacute;fico conjunto resta somente uma gruta, que servia, sem sombra de d&uacute;vida, de bebedouro dos cavalos. O respectivo pal&aacute;cio foi elaborado sobre isto uma Reforma L&aacute; De Resid&ecirc;ncia . O p&aacute;tio de honra &eacute; delimitado por terra&ccedil;os que criam uma virtualidade de ch&acirc;teau convencional de planta fechada. Reforma De Apartamento [como Planejar? -se no pal&aacute;cio por um grande vest&iacute;bulo central que, primitivamente, estava fechado somente por grades.</p>

<ul>
<li>Planeje bem o transporte dos itens</li>
<li>Existe diferen&ccedil;a entre satisfa&ccedil;&atilde;o e alegria</li>
<li>Para esportistas / ingerir e ingerir / paquerar</li>
<li>10 - Ilumina&ccedil;&atilde;o natural e espelhos</li>
<li>Obter balc&otilde;es e geladeiras para apresentar os artigos</li>
<li>4 - Simplifique tuas coisas</li>
</ul>

<p>Essas grades, obra excepcional de ferraria, localizam-se actualmente no Museu do Louvre e ilustram a utiliza&ccedil;&atilde;o extensiva da arte das ferragens em Maisons. O casamento da pedra e da escultura d&atilde;o um sentimento de grandiosidade e nobreza que executam do pal&aacute;cio um dos fragmentos arquitect&oacute;nicos mais caracter&iacute;sticos do s&eacute;culo XVII franc&ecirc;s em geral, e da arte de Fran&ccedil;ois Mansart em espec&iacute;fico.</p>

<p>O vest&iacute;bulo central distribui 2 apartamentos. O apartamento da esquerda, conhecido como &quot;Apartamento dos Cativos&quot; (Appartement des Captifs), era deixe-me dizer o de Ren&eacute; de Longueuil e conservou a tua decora&ccedil;&atilde;o original. A chamin&eacute; da divis&atilde;o de &acirc;ngulo, velho quarto de parada, representa Lu&iacute;s XIII rodeado de prisioneiros (escultura de Gilles Gu&eacute;rin), o que deu nome ao apartamento. O apartamento da direita, denominado como &quot;Apartamento da Fama&quot; (Appartement de la Renomm&eacute;e), foi completamente refeito, por B&eacute;langer, pro Conde de Artois no tipo neocl&aacute;ssico. A interven&ccedil;&atilde;o de B&eacute;langer em Maisons foi relativamente discreta e notavelmente respeitosa ao modo geral do edif&iacute;cio.</p>

<p>No primeiro percorrer, o apartamento da direita, denominado como &quot;Apartamento das &Aacute;guias&quot; (Appartement des Aigles), devido &agrave; decora&ccedil;&atilde;o praticada no tempo do marechal Lannes, n&atilde;o tem amplo interesse. Pelo contr&aacute;rio, o apartamento da esquerda &eacute; digno de nota. Este apartamento &eacute; conhecido como &quot;Apartamento do Rei&quot; (Appartement du Roi) ou &quot;Apartamento &agrave; Italiana&quot; (Appartement &agrave; l'Italienne) porque todas as salas s&atilde;o &quot;&agrave; italiana&quot;, isto &eacute;, cobertas de falsas ab&oacute;badas.</p>

<p>Compreende uma vasta sala de festas, bem como chamada de sala dos guardas, com uma tribuna pros m&uacute;sicos. Esta sala abre-se sobre isso um sal&atilde;o chamado de &quot;Sal&atilde;o de H&eacute;rcules&quot; (Salon d'Hercule), em fonte ao quadro de &quot;H&eacute;rcules derrubando a Hidra&quot; (Hercule terrassant l'hydre) de Guido Reni que antigamente ornava a chamin&eacute; monumental, decorada com esculturas de Gilles Gu&eacute;rin. No pavilh&atilde;o de este, uma sala coberta por uma c&uacute;pula ornada com express&otilde;es, anuncia o vasto sal&atilde;o do Ch&acirc;teau de Vaux-le-Vicomte.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License